Ciência e Tecnologia pedem socorro em plena pandemia

Agência Servidores, Entrevistas

O tecnologista, historiador e mestre em história política e social pela UERJ, José Benito conversou com a Agência Servidores sobre os problemas do setor. Ele é diretor da Ascon-RJ, que representa os servidores dos institutos de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Informática – MCTI. Benito atua no Museu de Astronomia e Ciências Afins – MAST – no Rio e diz que a falta de incentivo, de políticas claras e de recursos, pode ser fatal para o setor.

José Benito explica que a maior parte dos cientistas brasileiros já poderia estar aposentado. E que se não houver uma renovação nesse quadro, tudo o que foi construído até aqui em conhecimento poderá ser perdido.

Ele, no entanto, acredita que a crise do coronavírus pode fazer com que as autoridades despertem para a necessidade de mais investimentos na educação, em renovação de pessoal e no financiamento da pesquisa no país.

Assista a entrevista completa logo abaixo:

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu