Dirigente vê na crise oportunidade de requalificar debate sindical

Entrevistas

O presidente da Afipea, a associação que reúne os servidores do Ipea, reconhece que o isolamento social dificulta o trabalho dos sindicalistas. Para ele, a presença física e a conversa direta são fundamentais. Mas nesta entrevista com a Agência Servidores, José Celso diz que a crise pode diminuir o ímpeto de setores do governo e do Congresso.  Para ele as propostas, principalmente da reforma administrativa, eram punitivas e reducionistas, com foco na diminuição dos gastos, de estruturas, de concursos e de salários dos servidores.

José Celso afirma que a crise sanitária, econômica e social acabou mostrando a enorme importância do servidor, do serviço público e principalmente do SUS. Para ele, não fosse a crise, a situação já estaria muito pior. Para este momento, ele diz acreditar que os dirigentes devem manter a hiperatividade, comunicando para as bases e mantendo a mobilização.

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu