Em ato na Câmara dos Deputados, SINAIT reforça luta pela valorização do serviço público no Brasil

Entidades em Ação

Com Assessoria Sinait.

Os dirigentes do SINAIT Carlos Silva, Rosa Jorge, Benvindo Soares e Marco Aurélio Gonsalves, o delegado sindical da entidade no Mato Grosso, Valdiney Arruda e o Auditor-Fiscal do Trabalho Osmany Silva participaram do ato político “Pela Valorização do Serviço Público no Brasil”. O movimento foi organizado pela Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, que o SINAIT integra, em parceria com as centrais sindicais e entidades representativas da sociedade civil. O ato ocorreu nesta quarta-feira, 12 de fevereiro, durante todo o dia, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

Na parte da manhã, deputados e sindicalistas rechaçaram os ataques do governo aos servidores públicos. Os manifestantes reforçaram a importância em resistir às Propostas de Emenda Constitucional – PECs do governo que afetam a administração pública, como, por exemplo, a “PEC Emergencial” nº 186-2019, que reduz a jornada e os salários dos servidores em até 25%. Além da reforma administrativa, que ainda não foi apresentada pelo governo federal ao Congresso Nacional, mas já levanta críticas e preocupações.

Para os parlamentares e manifestantes, uma reforma administrativa no país não pode ser discutida sem a participação de quem toca o Estado brasileiro, que são os servidores públicos.

A ideia é reforçada por Carlos Silva, presidente do SINAIT, que acredita que as colocações dos sindicalistas durante o ato político “em defesa do serviço público” precisam reverberar para o Brasil. “A defesa do serviço público e a defesa da chegada da atenção do Estado ao cidadão. É por meio dos servidores, Auditores-Fiscais do Trabalho, médicos, professores, enfermeiros, todo este conjunto de pessoas que ocupando um cargo público representam o Estado para prestar um serviço público”.

O presidente destacou que, “aqui temos o compromisso com a verdade e a honestidade dos dados e da realidade brasileira para dizer para todos da necessidade de juntos fazermos a defesa do serviço público, que a reforma administrativa do governo quer acabar”.

Carlos Silva criticou as manobras do governo que tenta jogar a culpa de todos os problemas do Brasil para os servidores públicos, quando na verdade “os problemas estão relacionados à má gestão política na condução do nosso país e que nada tem a ver com os servidores públicos”.

Para o presidente do SINAIT, “a defesa dos servidores públicos é a defesa das instituições que dão forma a democracia brasileira”.

Mais debate, reforma administrativa

No período da tarde, ocorreu o seminário “Reforma Administrativa, desmonte do Estado como projeto”. Os palestrantes foram o sociólogo Félix López que tratou “Mitos e verdades sobre o funcionalismo público”; o economista José Celso Cardoso Júnior discorreu sobre “A privatização das finanças públicas no Brasil” e o economista Paulo Kliass, que falou “Privatizações e desnacionalização da economia brasileira”.​

 

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu