Governo Federal diz ter economizado R$ 1,4 bi com trabalho remoto de servidores

Ações, No Governo, Pelo País

O afastamento dos servidores públicos federais das repartições gerou uma economia de R$ 1,4 bilhão aos cofres do governo. Divulgados nesta terça-feira (3/8), os dados mostram que entre março de 2020 e junho de 2021 houve redução de gastos com diárias, passagens, despesas com locomoção, energia, fornecimento de água e cópias de documentos.

Os servidores foram afastados do trabalho presencial em março de 2020 por causa da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Confira a economia por item:

  • Diárias – R$ 450.240.059
  • Passagens e despesas com locomoção – R$ 512.630.210
  • Serviços de água e esgoto – R$ 5.947.113
  • Serviços de cópias e reproduções de documentos  – R$ 57.770.977
  • Serviços de energia elétrica  – R$ 392.910.132

Atualmente, cerca de 190 mil servidores estão trabalhando de forma remota, o que representa aproximadamente 32% do total de servidores ativos do Executivo federal, que possui 585 mil empregados na ativa.

O governo aprovou os ganhos do teletrabalho e estuda a possibilidade de manutenção de parte desses servidores nesse modelo após a pandemia.

Até o momento, nove órgãos completaram o processo de adesão ao teletrabalho, que inclui a edição de um normativo e a instalação do sistema de gestão. Ao todo, 71 mil servidores estão neste roll.

“O Programa de Gestão aumenta a produtividade e a qualidade das entregas e reduz as despesas de custeio com água, esgoto e energia elétrica, por exemplo. A iniciativa também representa uma mudança de cultura ao substituir controle de frequência por controle de produtividade, o que contribui para aprimorar a qualidade do serviço público”, disse o Ministério da Economia, em nota.

 

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA: Metrópoles

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu