Média de casos de covid em servidor de prisão é o triplo do da população

Pelo País, Serviço Público

O índice de contaminação pela covid-19 entre os servidores do sistema prisional é mais de três vezes superior à taxa verificada na população em geral, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O levantamento aponta que, entre os trabalhadores de estabelecimentos penais, o novo coronavírus atinge 7.694,5 a cada 100 mil indivíduos, contra 2.258,2 pessoas entre a população em geral.

O índice também supera a taxa de pessoas presas infectadas, que fica na casa de 3.774,4 a cada 100 mil. Os dados são do boletim semanal do CNJ e foram coletados até o dia 28 de setembro.

Segundo o CNJ, desde o início da pandemia foram identificados 9,788 casos de covid-19 entre trabalhadores do sistema prisional brasileiro. Nos últimos três meses, o número de funcionários infectados cresceu 143% – o total de óbitos chegou a 84.

Aumento entre a população carcerária

O boletim do CNJ também aponta aumento da doença entre a população carcerária. Segundo o levantamento, os casos de covid-19 entre os presos aumentaram 39,9% nos últimos 30 dias, totalizando 28.233 registros e 111 mortes.

Já no sistema socioeducativo, os números de adolescentes infectados no período é de 939, aumento de 16,2%, ante o registro anterior.

O CNJ também atualizou dados feitos pelos Grupos de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (GMF) dos Tribunais de Justiça dos Estados.

Segundo os dados, foram realizados 70.519 testagens para a covid-19 em pessoas presas, o que corresponde a 9,4% da população carcerária do país. Já entre os servidores, foram aplicados 42.873 exames, o equivalente a 33,7% do contingente de trabalhadores nesses estabelecimentos.

Há ainda outros 7.872 testes realizados em unidades prisionais no estado do Ceará – que não distinguiu o quantitativo destinado a cada grupo. No socioeducativo, houve testagem de 7.948 adolescentes privados de liberdade e de 17.095 trabalhadores dessas unidades, em 23 estados.

O boletim do CNJ sobre contágios e mortes por covid-19 é publicado às quartas-feiras, a partir de informações dos poderes públicos locais e ocorrências informadas ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

 

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA: UOL

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu