Morte de servidor por Covid-19, no Pará, será tratada como acidente de trabalho

Entidades em Ação, Entrevistas, Pelo País, Serviço Público

O governador do Pará, Helder Barbalho, aprovou na Assembleia Legislativa, um projeto que determina que a morte de servidor do estado, da área da saúde ou da segurança, que venha a falecer em decorrência da Covid-19, será tratada como acidente de trabalho. Assim, os familiares do servidor falecido terão direito à pensão especial.

Na entrevista à Agência Servidores, o presidente da Pública do Pará, Ivan Correa, comenta o Decreto 674, assinado pelo governador paraense na semana passada.

Ivan explica que, pelo Decreto, a morte de servidores das áreas da Saúde, Segurança Pública e Assistência Social, causada por Covid-19 e no caso da doença ter sido adquirida no exercício da função pública, no local de trabalho, será considerada como acidente de trabalho. Nesses casos os dependentes terão direito ao recebimento de pensão especial.

Leia também!

ANAFE homenageia o Deputado Federal Israel Batista com o Prêmio Relevância no evento coletivo ao vivo do Dia do Servidor Público

O Prêmio Relevância – criado pela Agência Servidores – foi realizado de forma coletiva por diversas carreiras públicas, visando

Read More...

Projeto SALVE O SOM do SINDILEGIS foi homenageado no Prêmio Relevância

O Projeto SALVE O SOM foi iniciativa inédita do SINDILEGIS, em parceria com outras entidades como o FONACATE e

Read More...

Políticas públicas brasileiras que são referência mundial serão o tema do sexto episódio da minissérie Nosso Estado

A série Nosso Estado, composta por 8 episódios, terá seu sexto episódio transmitido no próximo dia 5 de novembro.

Read More...

Mobile Sliding Menu