Presidente da Condsef diz que servidor precisa resistir

Entidades em Ação

O Presidente da Condsef – Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal – Sérgio Ronaldo da Silva diz que só resta uma saída ao servidor público: resistir. Para ele o momento é um desafio e é preciso dialogar com a sociedade sobre a necessidade de defender os serviços públicos.

Sérgio Ronaldo conversou na tarde desta terça-feira com a Agência Servidores, em Brasília.

Sobre a proibição de novos concursos públicos ele afirma que “os serviços públicos já estão com catástrofes anunciadas”. Filas no INSS, no Seguro Desemprego e no Bolsa Família. “As filas estão crescendo, mas como rabo de cavalo, para trás e para baixo, rumo à precariedade.”

E ele diz que para completar “ainda editaram uma Medida Provisória que permite ao governo fazer contratações temporárias por até oito anos”. Com essa medida e com o anúncio de que não haverá concursos, a prestação do serviço está cada vez mais precária e, para o dirigente, “se consolida a campanha massiva de dizer que o servidor é ineficiente, jogando a população contra o servidor”.

O Presidente do Condsef afirmou também que o governo não precisa de uma reforma administrativa. Para ele basta a Emenda Constitucional 95, que evita a aplicação de recursos nas áreas sociais pelos próximos 20 anos. “Se não tem recursos, não tem o que fazer”. Para ele, os servidores precisam combater essa emenda, além de lutar pela recriação do Ministério do Trabalho.

Ele diz também que, se as PECs 186,187 e 189 forem aprovadas, aí mesmo é que nenhuma reforma administrativa será necessária. Elas reduzem jornada e salários dos servidores. Salários que já estão menores, depois que a reforma da Previdência aumentou as alíquotas de contribuição, com os ganhos congelados.

Sobre resistir, Sérgio Ronaldo afirma que “estamos apostando no dia 18 de março como um divisor de águas. Acreditamos que a categoria, não só os federais, mas os servidores dos estados e dos municípios serão capazes de reagir para colocar um freio em toda essa tentativa nefasta de se retirarem direitos e continuarem mentindo para a sociedade”.

Acompanhe a entrevista completa. https://www.youtube.com/watch?v=5nC86ouIUvg

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu