Presidente da Febrafisco diz que só socorro federal salva Minas Gerais

Entidades em Ação, Entrevistas, No Governo

O presidente da Febrafisco Unadir Gonçalves Junior conversa com a Agência Servidores sobre a situação do Estado de Minas Gerais. Segundo estudos da Federação, a arrecadação de ICMS já sofreu uma queda de 15 a 20% entre abril de 2019 e abril de 2020. Para o dirigente, com a crise do coronavírus, se não houver um socorro federal, Minas Gerais será um dos estados que mais terá dificuldade para colocar as contas em dia.

Unadir fala também da importância do servidor público neste momento de crise. Ele diz que o governador Romeu Zema, do ultraliberal partido Novo, precisará rever os conceitos a respeito da importância da prestação de serviços pelo Estado. E comenta as dificuldades impostas à população pela disputa entre o governador e o prefeito de Belo Horizonte.

 

 

 

 

 

 

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu