Professores federais terão serviço de saúde que permite teleconsultas

Ações, Entidades em Ação, Pelo País

O Sindicato dos Professores das Instituições Federais (Sind-Proifes) anuncia que está lançando uma oportunidade de convênio médico para todos os professores federais, em parceria com o aplicativo Dandelin. A iniciativa pioneira é válida para todos os professores, associados ou não ao sindicato.

No próximo dia 21 de maio, quinta-feira, às 13 horas, será feita uma live de lançamento da parceria, nas páginas do Sind-Proifes no Facebook e YouTube. A transmissão também será feita nas páginas da Agência Servidores no Facebook e YouTube.

De acordo com o presidente do Sind-Proifes, Valdemir Alves Junior, “o professor federal poderá agendar uma teleconsulta médica em mais de 40 especialidades diferentes, sem limitação de consultas mensais, sem carência, sem limite de idade”. O presidente salienta que é comum um sindicato oferecer planos de saúde aos seus filiados, como já era o caso do próprio Sind-Proifes. Mas a entidade percebeu que precisava buscar outros modelos de assistência, que oferecessem segurança e conforto.

A teleconsulta não é novidade, mas vive uma explosão de demanda, durante a pandemia do novo coronavírus. O setor de Saúde correu para regulamentar e disponibilizar o acesso de ferramentas online, em caráter emergencial.

O pioneirismo do Sind-Proifes não se estende apenas aos seus associados. Todos os professores federais do Brasil poderão aderir ao benefício, que terá uma mensalidade paga diretamente à Dandelin, empresa que administra as teleconsultas médicas.

Sem carência ou limites de idades, o convênio também conta com descontos para familiares e indicados, por até 100 reais mensais. Na live de quinta-feira o sindicato dará maior detalhes de como os professores federais podem conhecer as condições do benefício, e saber como pode ser feita a adesão ao serviço.

Dandelin

Segundo o CEO da Dandelin, Felipe Burattini, o Dandelin é um aplicativo que “surgiu para democratizar o acesso a saúde no Brasil”. Para Felipe, a pandemia do novo coronavírus fez ser ainda mais necessário de que investissem sua tecnologia para além de São Paulo, onde se iniciou o serviço. “Agora conseguimos disponibilizar consultas ilimitadas com os melhores médicos de São Paulo para qualquer pessoa do Brasil”, relata.

A economia compartilhada é a aposta do Dandelin. Ao oferecer um acesso ilimitado por não mais de 100 reais mensais para o paciente, o aplicativo se propõe a pagar aos médicos um valor no mínimo 5 vezes maior do que o repasse efetuado pelos planos de saúde tradicionais.

 

Confira o convite para a live da lançamento, do Sindicato dos Professores das Instituições Federais (Sind-Proifes):

*Matéria de Leopoldo Gomes Costa

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu