Profissionais de saúde do Ceará gravam vídeo para Bolsonaro: “Porque não te calas, estúpido?”

Entidades em Ação, No Governo, Pelo País

Profissionais de saúde que atuam no Ceará responderam ao presidente Jair Bolsonaro, que na última quinta-feira (11) pediu a apoiadores que invadam e filmem hospitais dedicados ao tratamento de pacientes com coronavírus.

Divulgada neste sábado (13), nas redes sociais, a mensagem usa palavras duras e xingamentos já proferidos pelo presidente. Segundo o texto lido pelos trabalhadores da linha de frente da pandemia, é adotado o “linguajar chulo e autoritário” de Bolsonaro para que ele entenda, mesmo com “seus simplórios atributos intelectuais”.

“Exigimos respeito”, destaca a mensagem, organizada pelo Coletivo Rebento – Médicos em Defesa da Ética. O discurso do presidente já gerou invasões em hospitais, arriscando pacientes, profissionais e o combate à pandemia.

 

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA: Revista Fórum

Leia também!

Ciência e Tecnologia pedem socorro em plena pandemia

O tecnologista, historiador e mestre em história política e social pela UERJ, José Benito conversou com a Agência Servidores

Read More...

Giro Brasil – Servidores em Rede discute a defasagem e os ataques às carreiras da Ciência e Tecnologia

O Giro Brasil – Servidores em Rede nesta quarta-feira (10 de julho) discutiu a defasagem e os ataques às

Read More...

Reforma administrativa ainda é prioridade de Paulo Guedes

O congelamento de salários de servidores públicos de todo o país (União, estados e municípios), até o fim de

Read More...

Mobile Sliding Menu