Reajuste a servidor é desejo do presidente, mas não há nada previsto, diz CGU

Carreira, No Governo

A intenção do presidente Jair Bolsonaro de conceder reajuste aos servidores públicos federais antes do fim de seu mandato não significa qualquer compromisso formal do governo e vai depender de uma série de fatores, principalmente orçamentários. O esclarecimento foi feito ao Valor pelo ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, após o vazamento do conteúdo de uma teleconferência interna, na qual o ministro mencionou o desejo do presidente de aumentar os salários dos servidores.

De acordo com ele, o assunto surgiu após uma pergunta feita no encontro por um representante do sindicato dos servidores. “Ele manifestou preocupação com a questão da reforma administrativa e do congelamento dos salários por dois anos”, explicou Rosário.

Na reunião, o ministro respondeu que Bolsonaro tinha o desejo de conceder, “dentro do que for possível”, algum reajuste antes do fim do seu mandato, em dezembro de 2022. Se isso não ocorrer, lembra Rosário, os servidores terão ficado quase seis anos sem correção em seus vencimentos.

Rosário ressaltou, no entanto, que não há qualquer discussão sobre reajuste neste momento e que Bolsonaro já havia concordado com a proposta da equipe econômica de congelar os salários por dois anos – contados a partir de março deste ano.

Diagnosticado na semana passada com covid-19, o ministro da CGU relatou alguns sintomas leves, como falta de paladar e olfato, mas disse que seu estado geral é bom.

 

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA: Valor Econômico

 

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu