Redução de remuneração de servidores da Paraíba é proibida

Nas Assembleias Legislativas, Serviço Público

Uma lei que proíbe a redução de remuneração de servidores estaduais foi publicada neste sábado (4), no Diário Oficial do Estado da Paraíba. Segundo a lei, deve haver cortes em despesas públicas não essenciais.

A lei de autoria do deputado Bosco Carneiro (PPS), veda a remuneração dos servidores públicos estaduais das esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público, Tribunal de Contas, Defensoria Pública e Universidade Estadual da Paraíba.

Conforme a lei, é entendido como remuneração a soma dos salários, gratificações e demais vantagens. Também é considerado verba remuneratória essencial os auxílios alimentação e saúde.

Mesmo que haja redução no repasse do duodécimo aos Poderes e órgãos, a redução de remuneração de servidores efetivos é proibida e, segundo a lei, para adequar a despesa pública aos limites impostos pela crise o corte de despesas públicas deverá ser feito no que é considerado não essencial.

 

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA: G1

Leia também!

Orçamento 2021: proposta prevê contratação de mais de 50 mil servidores nos três poderes

A proposta de orçamento federal, enviada pelo governo ao Congresso no fim de agosto, prevê a contratação de 51.021

Read More...

Ampliação de atribuições da Anatel passa por limitação no quadro de servidores

A perspectiva de que a Anatel venha a se transformar no núcleo de uma agência reguladora com um escopo

Read More...

Em manifesto formal, servidores do Inmet contestam diretoria por “mudanças anacrônicas”

Em manifesto formal raro, servidores de carreira do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) enviaram uma carta aberta à direção

Read More...

Mobile Sliding Menu