Servidores lotam ato e prometem ofensivas à reforma que acaba com a estabilidade

Entidades em Ação, Pelo País, Serviço Público

Os servidores públicos municipais, estaduais e federais no Rio de Janeiro foram às ruas do Centro da cidade nesta quarta-feira em protesto à reforma administrativa. O ato teve concentração na Candelária, às 16h, e foi parte de uma mobilização nacional em reação à PEC 32. Outras capitais também foram palco de manifestações.

O funcionalismo de todo o país tem se organizado para evitar o avanço da proposta no Congresso, que deve ser votada em 2021. O projeto do governo federal reformula as regras do serviço público na União, estados e municípios. Entre as medidas previstas, está o fim da estabilidade para novos servidores e a extinção de benefícios, como triênio e licença prêmio.

A promessa é de que as categorias intensifiquem a mobilização e preparem mais ofensivas à reforma. A principal delas, aliás, já foi apresentada: membros da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público pediram ao Supremo (STF) a suspensão da tramitação da PEC 32.

Os parlamentares argumentam que o governo não apresentou dados que embasem a proposta. E pedem também, na mesma ação, que o Ministério da Economia dê transparência a essas informações.

 

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA: O Dia

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu