Sindilegis se manifesta em relação à PEC 10/20

Entidades em Ação

A diretoria do Sindilegis entende a necessidade de o governo dar liquidez ao sistema financeiro, em razão da crise provocada pelo coronavírus, mas considera altamente temerário autorizar o Banco Central a atuar em mercados secundários.

“Ainda que essa autorização tenha vigência limitada ao tempo que durar o estado de calamidade, entendemos que é uma alternativa muito perigosa. O risco de inadimplência é alto e podemos amargar um prejuízo grande para os cofres públicos. Para fazer esse arranjo orçamentário todo nem precisávamos de PEC. Mas, caso seja aprovada, que ao menos seja retirado o artigo que contém tal autorização”, comenta Alison Souza, vice-presidente do Sindilegis.

Prevendo o pior cenário, o Sindilegis entregou nesta quinta-feira, 09/04, uma proposta de texto de emenda à PEC 10/20 ao senador Izalci Lucas (PSDB-DF), vice-líder do Governo no Senado. A proposta tem por objetivo tentar garantir transparência e controle, pelo Congresso, das eventuais aquisições de títulos privados.

 

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA: Sindilegis

Leia também!

I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do SUS foi realizado

No dia 24 de maio de 2022 ocorreu o evento live "I Encontro de Lideranças de Carreiras Públicas do

Read More...

Transição Energética foi tema de evento realizado pela Agência Servidores

Mas afinal, o que falta para o Brasil estar acelerado de fato na transição energética ?  Esse foi o

Read More...

Reforma tributária: Sindireceita acompanha leitura de novo relatório da PEC 110 no Senado

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sergio Castro acompanhou, na manhã desta quarta-feira, dia 23, na Comissão de

Read More...

Mobile Sliding Menu