Audiência abrirá caminho para criação de previdência complementar de servidores municipais do Rio de Janeiro

Ações, Nas Câmaras Municipais, Serviço Público

A Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro discute nesta terça-feira o projeto do governo municipal que cria a previdência complementar de servidores municipais. A audiência será comandada pelas comissões de Administração e Finanças da Casa e terá a presença de representantes do Executivo e do funcionalismo carioca.

Depois dessa etapa, a proposta não deve demorar para ir ao plenário. A expectativa do governo é de que a medida seja votada neste primeiro semestre, antes do recesso parlamentar.

O texto afetará somente os funcionários públicos que ingressarem no município após a edição da lei (em caso de aprovação).

O regime de previdência complementar bancará parte das aposentadorias — apenas o valor acima do teto previdenciário, de R$ 6.433,57.

Por determinação federal, além do Município do Rio, outros entes que ainda não têm fundo complementar deverão criá-lo ou aderir a um já existente.

 

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA: O Dia

Leia também!

Para servidor, Pazuello fez “pressão atípica” em favor de vacina mais cara

A CPI da Covid no Senado investiga nesta semana em que circunstâncias ocorreram os contratos de importação da vacina

Read More...

Pará: Semana de Inovação 2021 terá transmissão ao vivo de 28 a 30 deste mês de junho

A segunda Semana de Inovação em Gestão Pública da Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) já

Read More...

Sindilegis e entidades intensificam ações contra a PEC da Rachadinha

Três audiências virtuais com parlamentares, representação no TCU e ofícios direcionados ao presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP/AL).

Read More...

Mobile Sliding Menu