Servidores e entidades ainda podem reduzir os danos produzidos pela PEC Emergencial

Ações, Agência Servidores, Entrevistas, Pelo País

A aprovação da PEC Emergencial pelo Congresso continua provocando a indignação dos servidores públicos, onde vários itens da proposta atingiram fortemente os direitos da categoria. Em entrevista exclusiva à Agência Servidores, o assessor parlamentar Edinho Magalhães fala sobre as derrotas e as conquistas e faz uma análise das dificuldades  de negociação, causadas pela pandemia do novo coronavírus. Ele também aponta os próximos passos da Reforma Administrativa, cujo texto começou a circular por Brasília esta semana.

Edinho diz que o ministro da Economia, Paulo Guedes, é “um colecionador de frases infelizes”, argumentando que talvez não consiga enxergar a realidade do serviço público por conta de sua carreira no mercado, na iniciativa privada. Relembrando o momento em que o ministro disse ter colocado “uma granada no bolso dos servidores”, o assessor parlamentar diz que ela “já explodiu”, com a aprovação da reforma previdenciária, de parte da reforma trabalhista, e agora, com a PEC Emergencial, anunciando o “tsunami” que pode ser a reforma administrativa.

Edinho diz que, mais do que nunca, é necessário que entidades e parlamentares “articulem entre si, conversem mais com os formadores de opinião, pautem a mídia especializada”. Para ele, o governo vive em uma “zona de conforto”, pois não convive com as entidades divulgando suas pautas, na imprensa online, no rádio e na TV, o que faz com que os cidadãos não compreendam por inteiro o impacto negativo desses ataques aos servidores públicos, em toda a sociedade brasileira.

Um dia após a gravação desta entrevista, o governo federal, em reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), resolveu mudar o relator na Comissão Especial da reforma. Trocou o deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) pelo deputado Arthur Maia (DEM-BA), o mesmo que há dois anos relatou, na Comissão Especial, a Reforma da Previdência.

 

Assista a entrevista completa com o assessor parlamentar Edinho Magalhães, logo abaixo:

 

 

Leia também!

Servidores querem Guedes fora do Ministério da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já balançou no cargo por várias vezes, vítima de boatos de que seria

Read More...

ISP denuncia Bolsonaro na OEA

A Internacional de Serviços Públicos – Brasil (ISP) denuncia o presidente Jair Bolsonaro na Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Read More...

Relatório da reforma administrativa será lido hoje, 13 de maio

O relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 32/2020), deputado Darci de Matos (PSD-SC), confirmou que a leitura

Read More...

Mobile Sliding Menu